CONFIRA NOSSO

BLOG

ROUPAS

Dicas para um consumo consciente

23/10/2019
blog_int

Quando o assunto se trata de roupas, todas as mulheres logo pensam: quanto mais, melhor! Certo? Errado. É fato que muitas mulheres têm o desejo de ter um guarda-roupa repleto de peças novas e sempre atualizado. Porém, isso se resume em muito mais dinheiro gasto do que podemos imaginar, ainda mais se o lugar que se costuma comprar as roupas possui preços mais altos do que o comum.


Isso tudo se resume ao novo mundo em que estamos inseridos. Atualmente vivemos em uma realidade em que as pessoas compram muito mais do que realmente precisam. Por isso, é necessário entender que o consumo consciente impacta diretamente em diversos aspectos: uma vida mais saudável, uma vida financeira mais estável, um mundo mais consciente, o meio ambiente preservado… Viu como ser uma pessoa que adere ao consumo consciente impacta positivamente e traz diversos benefícios para a sua vida e também para o mundo inteiro? Ou seja: consequentemente, quanto menos coisas você tiver, menos vai gastar seu dinheiro, mais organizado seu armário vai ficar e menos roupas você precisará doar o tempo todo para liberar o espaço do seu closet.


Diante disso, é visível que alguns aspectos são necessários para que o consumo consciente ande lado a lado com um armário mais limpo e que ao mesmo tempo possua roupas da moda e que sigam as tendências da estação. Pode parecer que não, mas sim: é possível gastar muito menos com itens que são igualmente bonitos, de qualidade, de acordo com as tendências do momento e que não tornem você uma consumista compulsiva.


É possível gastar pouco e ao mesmo tempo estar na moda como as maiores fashionistas e blogueiras da internet. Vem ver as nossas dicas para tornar o seu consumo consciente uma realidade: 


Aposte em brechós onlines: por meio de brechós, você garante preços baixos e roupas de qualidade e ainda pode vender as peças que você não usa mais. É uma forma de ter um armário mais limpo e ainda conseguir um valor a mais para o seu orçamento. O mais legal é que os brechós sempre contêm peças para todos os gostos e estilos, então você consegue estar na moda e seguir as tendências com preços bem mais acessíveis.


Os acessórios mudam tudo: um acessório diferente pode mudar todo um look. E o melhor: adquirir acessórios é muito mais em conta do que ficar comprando roupas diferentes. Um look mais casual pode se transformar em algo elegante apenas trocando um brinco mais simples por um maxi, um colar pequeno por um mais brilhante, uma bolsa transversal por uma de mão e um tênis por um sapato de salto. Viu só. Apenas um look e diversas combinações para diferentes ocasiões. 


Promoções são sinônimo de guarda-roupa renovado: promoções são uma boa pedida para renovar seu guarda-roupa. Seja na Black Friday ou nas trocas de estação, as lojas querem esvaziar o estoque e, para isso, colocam preços mais acessíveis em peças de qualidade. Talvez as opções sejam menores, mas vale a pena investir e arriscar, já que os descontos são incríveis. E lembre-se: não exagere. Compre apenas aquilo que realmente está faltando no seu guarda-roupa.


A customização é a alma do guarda-roupa renovado: você tem peças que já não agregam mais aos seus looks e ao seu estilo, mas acha que é uma peça de qualidade e que ainda pode usá-la? Que tal customizá-la, dando uma nova cara para sua roupa e deixando-a na moda? Existem diversos vídeos com tutoriais que ensinam você a fazer essa transformação. Economize e tenha um guarda-roupa renovado!


Compre apenas o necessário. Não esbanje!: antes de adquirir uma peça, pense bem: você realmente precisa dela? Lembre-se de adquirir apenas o que você precisa e o que realmente falta no seu armário. Não compre apenas para seguir as tendências, pois isso pode comprometer a sua renda. Consumo consciente, lembra?


Entenda o seu corpo e adapte seu armário a ele: conheça seu corpo; entenda quais roupas você mais gosta sem precisar seguir as tendências: não é só porque aquela blusa amarela neon é tendência que você precisa comprar. Se ela não fica bem no seu corpo, não tem porque você adquirir, certo? Escolha roupas que fiquem bem em você e que façam você se sentir realmente bem; assim elas não ficam entocadas no armário com as etiquetas em cima.


Viu a importância de se tornar um consumista consciente? A moda precisa ser repensada de forma consciente, pois o que você compra e principalmente o que descarta não é uma escolha pessoal, já que estamos todos dividindo o mesmo planeta e recursos. Cuidar do seu consumismo e torná-lo consciente é uma forma de colaborar com o seu bolso, com a sua casa, com as pessoas ao seu redor e com o meio ambiente. E mesmo assim, você ainda pode estar na moda e seguir as tendências do momento. Vamos aderir agora mesmo?

CONFIRA MAIS

NOTÍCIAS

pessoanews

FIQUE POR DENTRO

NEWS

Cadastre-se para receber informativo com todas as nossas novidades e notícias sobre estilo e tendencia